Blog

Inglês americano ou inglês britânico?

Qual será o melhor inglês para se aprender?

Recentemente uma pessoa interessada nas aulas da escola me perguntou: “vocês ensinam inglês americano inglês britânico?”

Essa pergunta é muito comum.

Eu sempre respondo que ensinamos inglês internacional.

Ensinamos inglês para você se comunicar.

Ela respondeu: “Mas tem uma diferença. São sotaques diferentes. Várias palavras diferentes, tem uma diferença”.

Fiquei pensando naquilo e pensei no Brasil. O Brasil tem mais de 16 sotaques, sem contar os sotaques indígenas e essas coisas.

Olha o sotaque do Rio de Janeiro, de São Paulo. Pensa no sotaque baiano, do pessoal lá do Amazonas, do pessoal do Paraná, sotaque do pessoal lá do Sul,  o sotaque caipira.

Cada um é tão diferente um do outro. E eu já morei do Norte ao sul do Brasil, já morei em vários estados e cada lugar tem não só sotaques diferentes, mas são gírias e expressões bem diferentes também.

Tem muitas palavras com diferentes maneiras de se falar.

E isso impede a comunicação? Me impede de compreender e conseguir falar com outros mesmo não entendendo tudo? Não de jeito nenhum.

Então inglês britânico ou inglês Americano?

Não faz diferença. A menos, calro, que você esteja morando em algum desses lugares.Aí você quer usar as palavras, gírias e expressões regionais, para uma melhor comunicação.

Mas eu acho que isso é uma desculpa para quem quer falar: “Nossa, mas é muito difícil! Não consigo entender”.

Tem também o fator gosto pessoal.

Às vezes, você se identifica mais com o britânico, às vezes, você gosta mais do Americano. Você gosta mais de algo,’de um estilo, você gosta ou tem mais facuilidade com os sons.

Talvez você tem amigos nos EUA,  você já tenha ido para Londres, que seja, então você se apega mais a isso. Mas quando falamos em aprender um idioma para se comunicar para o trabalho, para viajar, para conseguir aprender mais coisas, estamos falando do inglês internacional.

  • Bergamota, mexerica, tangerina, mimosa?
  • Mandioca, aipim e macaxeira?
  • Rotatória, balão ou rótula?
  • Farol, sinaleira, sinaleira, semáforo?

Isso é só um pequeno exemplo de tanta variedade de palavras que temos.

É difícil quando você aprendeu uma palavra e aprendeu o que ela significa e depois te falam: “Bem, agora vou te ensinar um outro significado”.

Ou você aprendeu uma palavra e alguém te apresenta um outro jeito falar, eu sei que é difícil.

Não porque inglês é difícil, mas porque, aprender qualquer idioma é difícil.

Aceita que dói menos.

É o que temos que fazer. Temos que aceitar e falar: “Legal, legal, próxima palavra!”

Não tem milagre. Não tem inglês fácil. Não tem você fluente em x meses, não.

É uma jornada e não é por ser Inglês, repito, é difícil por ser um novo idioma.

Esquexi o ixqueiro na ixquina da ixcola” é o sotaque carioca.

Leiti quenti faz bem para genti” já ouviu assim?

Aqui em São Paulo nós falamos:  “leitchi quentchi faz beiim para gentchi

Temos todo tipo de sotaque, todo tipo de giría, todo tipo de palavra, e nós aprendemos quando alguém nos diz algo novo. E normalmente, não ficamos “Nossa! Porque português é tão difícil!”

Nós só perguntamos: “O que é isso? Ah, legal!”

Inglês americano ou inglês britânico? Qual é melhor?

Melhor você aprender a se comunicar. Melhor é você estar aberto. Melhor você não ficar dando desculpas. Melhor é você procurar maneiras de ter input.

Recentemente uma aluna disse que ia dar um tempo no inglês, e eu falei: “Você pode dar um tempo na escola, mas não dá um tempo no inglês.

Mesmo se você tiver que tomar menos tempo para se dedicar ao aprendizado do inglês, ainda assim você consegue achar maneiras de ter input.

Por exemplo, cada vez que você entrar no carro, crie o hábito de ligar só rádio que tenha música internacional. Porque é input.

O seu ouvido está se acostumando ao som, está relembrando palavras, você está se familiarizando com o idioma.

Encontre maneiras de ter input. Não busque desculpas para falar que é difícil.

É difícil sim. É uma jornada. Melhor mesmo é você aprender esse idioma que abre tantas portas esse dia uma global que abre tantas oportunidades de trabalho, de diversão, de viagens, de cultura, de aprendizado, de enriquecer sua vida.

Melhor mesmo é você aprender inglês internacional e se puder aprender outros idiomas, vai nessa que é melhor coisa que você faz.